Páginas

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Finalmente...nasceu! Relato de um parto cesárea.

Recebi meu João.
Foi num parto cesárea, infelizmente, mas o tenho agora em meus braços e isso é o que realmente importa.
Depois de uma trombose inesperada após o chá de bebê, fiquei em repouso absoluto por 10 dias e em repouso parcial até o nascimento; sentindo dores e já informada da impossibilidade de um parto normal diante daquele quadro. Muito triste. O Pedro já havia nascido de parto cesárea após 41 semanas aguardando pacientemente sua chegada, sem contrações nem dilatação. Pensei que, enfim, teria meu sonho de parto natural realizado com a vinda do João, mas a história foi bem diferente...Deus, em Sua infinita sabedoria, sabe como faz as coisas e é sempre visando nosso bem.
Após marcar 03 vezes a cirurgia, pois tudo dependia de minha melhora com a trombose, finalmente minha médica marcou: 04/08/2010 às 13h!
Nossa! Agora sim a emoção bateu! Agora temos uma data! Fim do meu sofrimento.
Bom, meu pai se dispôs a sair do Embu das Artes, onde mora, e vir até nós em Sorocaba para levar-nos à capital onde eu teria o João, na Pró Matre Paulista a mesma maternidade onde o Pedro havia nascido.
Fomos, um enorme trânsito nos aguardava na entrada da cidade...ê São Paulo: havia me esquecido de como a cidade é intransitável a qualquer hora do dia!
Chegamos por volta das 10h30min, não havia quarto! Esperamos e nada. Ficamos lá, plantados com as nossas mães e o Pedro junto pois eu queria que ele tivesse a oportunidade de assitir ao parto da janelinha num espaço novo chamado de Espaço Vida.
Fui direto ao Centro Cirúrgico por volta das 13h, sem quarto. Enquanto isso, meu marido foi se vestir para ficar comigo e as avós, minha amiga e o Pedro foram levados a um corredor em frente a uma janela esbranquiçada que se tornaria semitransparente minutos antes do nascimento.
Fui deitada na maca e fiquei aguardando minha médica, o auxiliar e o anestesista.
Enfim, entraram todos; o auxiliar de minha médica era o mesmo médico que a havia ajudado a fazer o parto do Pedro...ai, que alívio! A mesma dupla, que segurança que me deu...segurança que foi aumentada com a entrada de meu marido no Centro Cirúrgico logo no início de tudo.
Em poucos minutos ouvi um chorinho delicioso e vi o rosto do Pedro, olhando atentamente e com um enorme sorriso ao ver o irmão nascendo!
Que sensação boa. Que maravilha ver a minha família ali, toda, durante esse momento.
Havia pouco líquido aminiótico, o João entraria em sofrimento se tivéssemos deixado para outro dia ou aguardado mais tempo como fiz com o Pedro. É o cuidado de Deus.
Apesar de ter sido o dia mais frio em São Paulo, o João nasceu.
Perfeito. Forte. Lindo! 10 e 10 no Teste de Apgar.
Bem vindo João Henrique!
Amamos você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Essas crianças...

Desde que tive meu filho Pedro penso em escrever. Não apenas algo para as mães mas compartilhar com todos as alegrias, sustos, tristezas, emoções e até os momentos de raiva que todos os pais passam com seus filhos.
Cada filho é único, não dá para generalizar. Mas existem coisas que toda criança faz, sem exceções...quem tem filho vai se identificar, quem pensa em ter filhos...vai se surpreender!

Além disso, quem é de Sorocaba e região poderá conferir, aqui, dicas de passeios, programação cultural e outras atividades voltadas para a família, conferidas e recomendadas por mim.