Páginas

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Sling...você já viu ou ouviu falar?

Carregar o bebê pode ser algo cansativo quando estamos sem o carrinho; há lugares onde é praticamente impossível entrar de carrinho ou carregá-lo se não tivermos carro. Ir á padaria, pegar ônibus e pequenos passeios, que durante a gravidez eram simples de serem feitos, agora são bem complicados e até exaustivos pelo fato de termos de carregar o bebê junto.
Sempre vi slings e outros carregadores de bebês mas optei (com o primeiro filho) a usar o bom e velho canguru depois dos 04 primeiros meses de vida dele. No segundo filho, fiquei pensando na logística quando tivesse que sair de casa e fazer uma dessas coisas que escrevi acima. Como eu subiria em um ônibus, por exemplo, com uma criança, um bebê, uma sacola com fraldas etc.? Por meses pensei em adquirir um sling que pode ser usado logo na primeira semana de vida do bebê. Conversei com meu esposo e resolvi pesquisar: olhava nas lojas, revistas, sites, blogs...até que comprei. No início foi complicado porque a gente quer acertar na primeira não é mesmo? Mas, com persistência e paciência, consegui. Gosto bastante e o bebê dorme assim que o coloco no sling!
Como com a coleira ouço muitos comentários e críticas a respeito, como: "tadinho, tá apertadinho!", "não machuca a perninha dele?", "ai, que dó!", "olha o neném, judiação!" e outras frases do mesmo gênero. O fato é que, se você usar na posição correta e da forma que é indicado para a idade de seu filho não haverá problema algum para a coluna dele. Deve haver o bom senso da parte dos pais!

Veja esse site e confira tipos de carregadores de pano e vídeos que ensinam a usá-los de forma correta.

Olha o João dormindo bem gostoso no sling!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Essas crianças...

Desde que tive meu filho Pedro penso em escrever. Não apenas algo para as mães mas compartilhar com todos as alegrias, sustos, tristezas, emoções e até os momentos de raiva que todos os pais passam com seus filhos.
Cada filho é único, não dá para generalizar. Mas existem coisas que toda criança faz, sem exceções...quem tem filho vai se identificar, quem pensa em ter filhos...vai se surpreender!

Além disso, quem é de Sorocaba e região poderá conferir, aqui, dicas de passeios, programação cultural e outras atividades voltadas para a família, conferidas e recomendadas por mim.